Internacional Peru comemora 200 anos de independência sem definir presidente

Peru comemora 200 anos de independência sem definir presidente

Evento em teatro de Lima comemorou a assinatura do tratado de independência, enquanto país aguarda resultado da eleição

AFP
Evento no Teatro Municipal de Lima comemorou assinatura da ata de independência do Peru

Evento no Teatro Municipal de Lima comemorou assinatura da ata de independência do Peru

Ernesto Benavides / AFP - 15.7.2021

O Peru comemorou nesta quinta-feira os 200 anos da assinatura da ata de sua independência da Espanha, em uma cerimônia marcada por incertezas, uma vez que o vencedor do segundo turno das eleições presidenciais, realizado em 6 de junho, ainda não foi declarado.

Leia também: Novos recursos de Keiko podem prolongar impasse eleitoral no Peru

A comemoração aconteceu no Teatro Municipal de Lima, sob estritas restrições sanitárias, na presença do presidente interino peruano, Francisco Sagasti, do prefeito de Lima, Jorge Muñoz, e de outras autoridades. Uma ausência notável foi a do desconhecido novo presidente, previsto para assumir o cargo no próximo dia 28.

A corte eleitoral segue analisando as contestações apresentadas pela candidata de direita, Keiko Fujimori, contra o resultado das urnas, que deu a vitória ao esquerdista Pedro Castillo. "Estamos a exatos 200 anos da abertura da Ata da Independência, a qual tentamos resgatar, no sentido de dar à mesma um novo ímpeto", declarou Sagasti na cerimônia.

O prefeito Muñoz evocou a vontade unitária dos signatários de dois séculos atrás para apelar por união no momento atual, de polarização política. “A unidade irá nos conduzir à solução dos problemas", afirmou.

Últimas