Internacional Polícia da Espanha prende magnata americano John McAfee

Polícia da Espanha prende magnata americano John McAfee

Criador do programa antivírus que leva o sobrenome dele era procurado por autoridades dos Estados Unidos e é acusado de crimes fiscais

McAfee corre risco de ser extraditado para os EUA

McAfee corre risco de ser extraditado para os EUA

Darrin Zammit Lupi/Reuters - 1.11.2018

A polícia da Espanha prendeu o magnata John McAfee, criador do programa de antivírus que carrega o sobrenome ele, que era procurado pelas autoridades dos Estados Unidos, segundo informações apuradas nesta terça-feira (6) pela Agência Efe.

Acusado por crime de fraude, o empresário foi detido no último sábado, mas a informação só foi confirmada hoje. Ele estava no aeroporto de Barcelona, acompanhado de outras duas pessoas, aguardando para embarcar para Istambul, na Turquia.

Fontes consultadas pela Efe informaram que McAfee apresentou um passaporte britânico e foi identificado a partir de um filtro de saídas internacionais.

Uma vez consultadas as bases policiais, sobre sua identidade dele, os agentes que realizaram a abordagem verificaram que havia um mandado de busca e prisão da Interpol, que exigia extradição imediata para os Estados Unidos, por causa da investigação do crime de fraude.

Já no domingo, McAfee foi colocado à disposição da justiça espanhola. Após prestar depoimento, um magistrado ordenou que fosse mantido em prisão preventiva.

Essa não é a primeira vez que o criador do antivírus foi detido. Em junho do ano passado, a prisão aconteceu em um porto da República Dominicana, quando foi abordado com várias armas dentro do iate particular.

Dias antes dessa primeira detenção, McAfee anunciou que estava deixando os Estados Unidos, depois de diversas tentativas das autoridades de prendê-lo, sob a acusação de crimes fiscais.

Depois de libertado pelas autoridades dominicanas, o magnata viajou para o Reino Unido.

Últimas