Internacional Polícia francesa investiga dois alertas falsos de bomba na Torre Eiffel

Polícia francesa investiga dois alertas falsos de bomba na Torre Eiffel

Possível risco de uma explosão fez pessoas serem retiradas do ponto turístico e ruas nos arredores serem fechadas

AFP
Duas ameaças de bomba obrigaram o fechamento da Torre Eiffel no último sábado (12)

Duas ameaças de bomba obrigaram o fechamento da Torre Eiffel no último sábado (12)

MIGUEL MEDINA / AFP - 12/08/2023

A Justiça francesa abriu uma investigação sobre os dois alertas falsos de bomba, no último sábado (12), que forçaram a retirada de turistas e o fechamento de ruas nos arredores da Torre Eiffel, informou a Promotoria à agência de notícias AFP nesta segunda-feira (14).

Segundo o Ministério Público, é muito "normal abrir investigações após alertas falsos de bomba, o que infelizmente acontece com frequência" e pode acontecer em monumentos históricos, escolas, aeroportos etc.

A delegacia do sétimo distrito de Paris ficará encarregada das investigações por ameaças de crimes contra pessoas e divulgação de informações falsas.

Este tipo de infração é punível com até dois anos de prisão e multa de 30 mil euros (maos de R$ 160 mil na cotação atual).

O SETE, órgão que administra o monumento, informou que especialistas em desativação de bombas e a polícia vasculharam a área, incluindo um restaurante localizado em um de seus três andares.

O cartão postal mais famoso da capital francesa atraiu cerca de 6 milhões de visitantes no ano passado.

Havaí: veja imagens do antes e do depois de áreas completamente destruídas pelo fogo

Últimas