Internacional Polícia recupera pistola e carregadores no local de tiroteio em Nova York

Polícia recupera pistola e carregadores no local de tiroteio em Nova York

Pelo menos dez pessoas foram atingidas por disparos de arma de fogo no ataque realizado dentro do metrô da cidade

Agência EFE
Polícia de Nova York foi deslocada para área do ataque para controlar situação

Polícia de Nova York foi deslocada para área do ataque para controlar situação

Timothy A. Clary/AFP - 12.4.2022

A polícia de Nova York recuperou uma pistola e vários carregadores de alta capacidade na estação de metrô onde dez pessoas foram baleadas nesta terça-feira (12) por um homem que não foi preso até agora, segundo informações da imprensa local.

A arma, uma pistola Glock, estava aparentemente emperrada, um problema que pode ter impedido o atirador de causar mais danos, afirmaram fontes policiais ao jornal New York Post.

"Foi sorte ela ter ficado emperrada, porque poderíamos estar falando de muito mais pessoas em hospitais ou algo pior. Dúzias de outras pessoas poderiam ter ficado feridas ou ter ferimentos mais graves", disse uma dessas fontes ao jornal.

Por sua vez, a emissora CNN, citando duas fontes policiais, informou que os investigadores também recuperaram fogos de artifício e pólvora no local, com os quais o agressor teria criado uma cortina de fumaça.

Mapas mostram onde foi o tiroteio no metrô de Nova York

Mapas mostram onde foi o tiroteio no metrô de Nova York

Paz Pizarro, Patricio Arana, Gabriel Campelo/AFP - 12.4.2022

No total, 16 pessoas ficaram feridas no tiroteio, dez delas atingidas por balas, metade das quais está em situação crítica, mas estável, nos hospitais para os quais foram encaminhadas.

As autoridades agora estão procurando o suspeito, um homem que vestia um colete verde de construção e máscara de gás e lançou um dispositivo para encher o vagão de fumaça antes de atirar nos passageiros em seu interior.

De acordo com vídeos de segurança, o autor do ataque, que supostamente escapou na confusão, é de raça negra, estatura média e constituição corpulenta.

O tiroteio ocorreu por volta das 8h30 da manhã (horário local, 9h30 de Brasília) enquanto o trem aguardava para entrar na estação da rua 36, ​​no alto do bairro Sunset Park, momento em que o indivíduo lançou seu aparelho para espalhar fumaça, segundo detalhou a comissária da Polícia de Nova York, Keechant Sewell.

Os depoimentos das testemunhas à imprensa local e as gravações compartilhadas nas redes sociais indicam um cenário caótico, com os passageiros assustados e os feridos sangrando, espalhados pelo vagão e no chão da plataforma enquanto estão sendo atendidos.

Por enquanto, as autoridades disseram não saber o motivo do ataque, mas já garantiram que não está sendo investigado como um caso de terrorismo.

Últimas