Estados Unidos

Internacional Prefeito de Nova York é denunciado por agressão sexual

Prefeito de Nova York é denunciado por agressão sexual

Crime teria acontecido quando Eric Adams trabalhava com a vítima, em 1993; denunciante pede indenização de US$ 5 milhões

AFP
Prefeito de Nova York, Eric Adams, é
 acusado de agressão sexual

Prefeito de Nova York, Eric Adams, é acusado de agressão sexual

ANGELA WEISS / AFP - 14.11.2023

O prefeito de Nova York, Eric Adams, foi acusado de agressão sexual em um caso que remonta a 1993, denúncia amparada por uma lei que expira nesta quinta-feira (23) e que permite às vítimas de violência sexual prestarem queixa de crimes já prescritos.

De acordo com a acusação enviada na noite desta quarta-feira (22), a demandante, que não teve sua identidade revelada, acusa Adams de "agressão sexual, lesões e discriminação no emprego com base no gênero e sexo da requerente, retaliação, ambiente de trabalho hostil e imposição intencional de sofrimento emocional" quando ambos trabalhavam na Prefeitura de Nova York, de acordo com vários meios de comunicação locais.

"O prefeito não sabe quem é essa pessoa. Se eles já se conheceram, ele não lembra. Mas ele nunca faria nada para prejudicar fisicamente outra pessoa e nega veementemente tal afirmação", disse a assessoria de imprensa do prefeito em mensagem enviada à AFP.

A denunciante pede indenização de US$ 5 milhões (R$ 24,4 milhões na cotação atual), segundo a imprensa americana.

Eric Leroy Adams, de 63 anos, foi capitão da polícia de Nova York antes de entrar para a política local pelo Partido Democrata. Ele é prefeito da cidade desde 2022.

Nos últimos dias, a Suprema Corte de Nova York tem recebido uma série de denúncias de agressão sexual amparadas pela lei conhecida como Adult Victims Act, que permite a apresentação de queixa de abusos sexuais já prescritos.

Além de Adams, forem denunciados o vocalista do Guns N' Roses, Axl Rose, o ator Jamie Foxx, o rapper Sean Combs e o produtor Jimmy Iovine.

Bolsas, arte e até celular ‘StarTAC’: fechada ao mundo, Coreia do Norte mostra o que tem além de mísseis

Últimas