Internacional Presidente da Comissão Europeia viaja a Kiev nesta sexta-feira (8)

Presidente da Comissão Europeia viaja a Kiev nesta sexta-feira (8)

Ursula von der Leyen visitará a Ucrânia acompanhada de Josep Borrell, chefe da diplomacia europeia, com o objetivo de mostrar seu apoio à Ucrânia contra a invasão russa

AFP
A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, fala durante entrevista coletiva

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, fala durante entrevista coletiva

Reuters - 07.04.2022

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e o chefe da diplomacia europeia, Josep Borrell, anunciaram nesta sexta-feira (8) que estão a caminho de Kiev para mostrar seu apoio à Ucrânia contra a invasão russa.

"Ansiosa para estar em Kiev", disse Von der Leyen em sua conta no Twitter, exibindo uma imagem na qual aparece junto com Borrell e com o primeiro-ministro da Eslováquia, Eduard Heger, em uma estação ao lado de um trem pintado com as cores da bandeira ucraniana.

Ela ainda condenou o ataque a uma estação de trem em Kramatorsk, no leste da Ucrânia, nesta sexta-feira (8). A ofensiva deixou ao menos 39 mortos e mais de cem feridos. 

"O ataque com mísseis nesta manhã a uma estação de trem usada para a retirada de civis na Ucrânia é desprezível. Estou consternada com a perda de vidas e apresentarei pessoalmente minhas condolências ao presidente Volodmir Zelenski. Meus pensamentos estão com as famílias das vítimas."

Borrell tuitou, por sua vez, a mensagem "Vamos para Kiev", acompanhada de uma foto em que aparece com a delegação que viaja para a capital ucraniana.

Nesta quinta-feira (7), a União Europeia aprovou uma nova bateria de sanções contra Moscou, que inclui o embargo ao carvão russo e o fechamento dos portos europeus às embarcações russas.

Além disso, o bloco decidiu aumentar em 500 milhões de euros o financiamento para entrega de armas à Ucrânia, elevando o total para mais de 1,5 bilhão de euros desde o início da invasão.

Von der Leyen e Borrell devem se reunir com o presidente ucraniano Volodmir Zelenski antes de um evento neste sábado (9), em Varsóvia, de arrecadação de fundos para os refugiados do conflito.

Últimas