Internacional Presidente dos EUA aprova ajuda de US$ 350 milhões à Ucrânia

Presidente dos EUA aprova ajuda de US$ 350 milhões à Ucrânia

Joe Biden manteve uma conversa telefônica de 40 minutos com o líder ucraniano Volodmir Zelenski nesta sexta-feira (25)

  • Internacional | Do R7, com informações da EFE

Biden libera 350 milhões de dólares em ajuda

Biden libera 350 milhões de dólares em ajuda

Brendan Smialowski/AFP - 22.2.2022

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, aprovou na noite desta sexta-feira (25) a liberação de até US$ 350 milhões em nova ajuda em armamentos à Ucrânia, que sofre ataques da Rússia desde a quinta-feira (24).

Em um memorando, Biden autorizou o Departamento de Estado a direcionar até US$ 250 milhões em ajuda geral à Ucrânia e até US$ 350 milhões em "itens e serviços de defesa", incluindo educação e treinamento militar.

O anúncio veio depois que o presidente dos EUA manteve uma conversa telefônica de 40 minutos com seu colega ucraniano Volodmir Zelenski, nesta sexta-feira (25), para discutir ajuda militar e sanções.

Embora a Casa Branca não tenha divulgado o conteúdo da conversa, Zelenski disse no Twitter que conversou com Biden sobre "fortalecer as sanções", "assistência concreta à defesa" e "uma coalizão antiguerra".

"Grato aos Estados Unidos pelo forte apoio à Ucrânia", acrescentou o líder ucraniano.
Em reação ao ataque russo, Biden atingiu a Rússia com sanções a seus bancos e sua elite, além de restrições às exportações de alta tecnologia para a Rússia, entre outras medidas, às quais se somaram punições econômicas contra o presidente Vladimir Putin e outras várias figuras de seu governo.

Arte/R7

Últimas