Guerra Israel x Hamas

Internacional Primeiro grupo de estrangeiros deixa Gaza com destino ao Egito; lista não inclui brasileiros

Primeiro grupo de estrangeiros deixa Gaza com destino ao Egito; lista não inclui brasileiros

Também existe a expectativa de que reféns sequestrados pelo grupo terrorista Hamas sejam libertados

AFP
Grupo de estrangeiros aguardava a abertura da fronteira de Rafah para deixar Gaza

Grupo de estrangeiros aguardava a abertura da fronteira de Rafah para deixar Gaza

Mohammed Abed/AFP - 01/11/2023

O primeiro grupo de pessoas com passaporte estrangeiro vindo da Faixa de Gaza cruzou o posto fronteiriço de Rafah com destino ao Egito nesta quarta-feira (1º). A lista divulgada tem 450 estrangeiros, 90 palestinos feridos e não inclui brasileiros.

Canais de televisão egípcios mostraram imagens ao vivo de uma fila de ambulâncias entrando no território palestino para dar os primeiros atendimentos médicos e auxiliar na transferência de pessoas para hospitais no Egito.

• Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
• Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
• Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Reféns devem ser libertados

Também existe a expectativa de que reféns sejam libertados pelos Hamas. Pelo menos 239 pessoas, entre israelenses e cidadãos de outros países, foram sequestradas no ataque do dia 7 de outubro que desencadeou a guerra.

O porta-voz das Brigadas Al-Qassam, braço armado do Hamas, Abu Ubaida, já havia afirmado que vários reféns serão soltos, mas não citou um número nem deu um prazo.

"Informamos aos mediadores que liberaremos vários estrangeiros nos próximos dias de acordo com nossa vontade de não mantê-los em Gaza", afirmou.

Fronteira de Gaza com o Egito é aberta e centenas deixam o território palestino

Últimas