Internacional Procurador-geral dos EUA visita Ucrânia para discutir crimes de guerra

Procurador-geral dos EUA visita Ucrânia para discutir crimes de guerra

Merrick Garland se reunirá com autoridades para falar dos esforços americanos e da comunidade internacional para ajudar Kiev 

AFP
Procurador-geral dos EUA,  Merrick Garland

Procurador-geral dos EUA, Merrick Garland

ROBERTO SCHMIDT / AFP

O procurador-geral dos Estados Unidos, Merrick Garland, visita a Ucrânia nesta terça-feira (21) para discutir o julgamento de pessoas envolvidas em possíveis crimes de guerra durante a invasão russa que começou no final de fevereiro, disse um funcionário do Departamento de Justiça.

Garland se reunirá com sua homóloga ucraniana Iryna Venediktova para falar dos esforços dos Estados Unidos e da comunidade internacional para ajudar Kiev a "identificar, deter e processar as pessoas envolvidas em crimes de guerra e outras atrocidades na Ucrânia", apontou o funcionário.

O secretário da Justiça fez uma escala na Ucrânia a caminho de uma reunião ministerial entre funcionários dos EUA e da UE em Paris. Quase quatro meses depois que a Rússia iniciou sua invasão da Ucrânia, Kiev afirma ter identificado milhares de casos de suspeitos de crimes de guerra.

As mais notórias foram as acusações de assassinato de dezenas de civis na cidade de Bucha, nos arredores da capital ucraniana.

O Departamento de Estado dos EUA anunciou em maio a criação de uma nova unidade para investigar, documentar e divulgar supostos crimes de guerra cometidos pela Rússia na Ucrânia.

Últimas