Rússia x Ucrânia

Internacional Putin cometeu 'erro histórico' com ofensiva na Ucrânia, diz presidente da França

Putin cometeu 'erro histórico' com ofensiva na Ucrânia, diz presidente da França

Emmanuel Macron diz que Rússia está isolada e que será um 'caminho difícil' sair dessa situação

AFP

Resumindo a Notícia

  • Macron afirma que Putin cometeu "erro histórico e fundamental"
  • Ofensiva russa na Ucrânia completa cem dias nesta sexta-feira (3)
  • Rússia fracassou ao tentar um conflito-relâmpago e ao atacar Kiev
  • Exército russo se concentra na região controlada por separatistas
Presidente da França, Emmanuel Macron

Presidente da França, Emmanuel Macron

JULIEN DE ROSA / AFP

O presidente da França, Emmanuel Macron, afirmou nesta sexta-feira (3) que seu homólogo russo, Vladimir Putin, cometeu um "erro histórico e fundamental" na Ucrânia e que está "isolado".

"Acho, e disse a ele, que cometeu um erro histórico e fundamental para seu povo, para si mesmo e para a história", afirmou Macron, em entrevista à imprensa regional.

Sobre a Rússia, o chefe de Estado garantiu que "ainda é um grande povo", mas Putin "se isolou". "Isolar-se é uma coisa, mas saber sair disso é um caminho difícil", acrescentou Macron.

ofensiva russa na Ucrânia completou cem dias nesta sexta-feira (3), e o líder francês, cujo país exerce a presidência temporária da União Europeia (UE), está sob pressão para viajar para Kiev.

"Viajei em fevereiro para tentar evitar a guerra. Atualmente, não excluo nada", disse Macron, que foi instado pelo ministro da Defesa ucraniano, Dmytro Kuleba, a ir antes do fim de junho. 

Após o fracasso de um conflito-relâmpago e de seu ataque a Kiev, o Exército russo agora se concentra naquela região, parcialmente controlada por separatistas pró-russos desde 2014.

Últimas