Rússia x Ucrânia

Internacional Putin diz que 'neonazistas' da Ucrânia usam estudantes estrangeiros como escudos

Putin diz que 'neonazistas' da Ucrânia usam estudantes estrangeiros como escudos

O presidente da Rússia acusa nacionalistas de não deixarem civis sair de suas cidades; segundo ele, tropas russas fazem de tudo para evitar mortes

  • Internacional | Do R7

População é usada por neonazistas, diz Putin

População é usada por neonazistas, diz Putin

AFP - 3.3.2022

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, fez um discurso nesta quinta-feira (3) para pôr nos ucranianos a culpa pelas mortes ocorridas desde o início da invasão da Ucrânia, há oito dias.

Ele não respondeu à sugestão do presidente da Ucrânia, Volodmir Zelenski, de os dois negociarem pessoalmente o fim da guerra.

Putin afirmou que neonazistas utilizam civis como escudos e circulam em veículos blindados em áreas residenciais. "Isso é exatamente a atitude de extremistas", analisou.

Segundo o presidente russo, os ucranianos andam com seus veículos e lançam foguetes em áreas com escolas e residências.

"Centenas de estrangeiros foram capturados pelos extremistas", disse Putin, que acrescentou que estudantes de outros países estão sendo colocados em prédios próximos a linhas de trem para chamar atenção, com soldados armados posicionados para atacar os russos.

De acordo com ele, os soldados russos estão fazendo de tudo para evitar a morte de civis na Ucrânia e tentam criar saídas para os moradores deixarem o país.

E anunciou que pretende dar compensações financeiras não só aos soldados, mas também às pessoas que estão sendo, conforme sua versão, obrigadas a atuar na guerra pelos nacionalistas ucranianos.

Durante o pronunciamento, Putin pediu um minuto de silêncio aos soldados mortos. 

Arte R7

Últimas