Rússia x Ucrânia

Internacional Putin ordena ao Exército russo que 'mantenha a paz' nos territórios separatistas da Ucrânia

Putin ordena ao Exército russo que 'mantenha a paz' nos territórios separatistas da Ucrânia

Presidente da Rússia reconheceu nesta segunda-feira (21) a autonomia das regiões de Donetsk e Luhansk

AFP
Vladimir Putin assinou decreto que reconhece a independência das regiões separatistas

Vladimir Putin assinou decreto que reconhece a independência das regiões separatistas

Alexey Nikolsky/Sputnik/AFP - 21.02.2022

Nesta segunda-feira (21), o presidente da Rússia, Vladimir Putin, ordenou ao Exército de seu país que "mantenha a paz" nos territórios separatistas pró-Rússia da Ucrânia, cuja independência acabou de reconhecer.

Dois decretos do presidente pedem ao Ministério da Defesa que "as Forças Armadas da Rússia [assumam] funções de manutenção da paz no território" das "repúblicas populares" de Donetsk e Luhansk.

Nenhum cronograma de destacamento ou sua magnitude foram anunciados nos documentos, cada um com uma página, que foram publicados no site do banco de dados de textos jurídicos russo.

Há duas semanas a Rússia está mobilizando, nas fronteiras com a Ucrânia, dezenas de milhares de soldados que, segundo os países ocidentais, estão prontos para invadir o país vizinho.

O reconhecimento da independência dos dois territórios abre caminho para um destacamento militar russo a seu pedido.

Putin também assinou acordos de ajuda mútua com as duas regiões, que, com o apoio da Rússia, combatem as Forças Armadas ucranianas há oito anos.

Últimas