Internacional Rainha pede que diferenças sejam superadas em mensagem de Natal

Rainha pede que diferenças sejam superadas em mensagem de Natal

Monarca usará seu discurso tradicional para pedir paz entre os britânicos no contexto do Brexit. 'Respeito é primeiro passo para maior compreensão'

Rainha pede que diferenças sejam esquecidas em mensagem de Natal

Mensagem foi gravada no dia 12 de dezembro

Mensagem foi gravada no dia 12 de dezembro

John Stillwell/Reuters - 24.12.2018

A rainha Elizabeth II usará seu tradicional pronunciamento de Natal para mandar uma mensagem de "paz na Terra" e de que a "boa vontade de todos é necessário o quanto antes". As informações são do jornal The Guardian.

A mensagem foi gravada no dia 12 de dezembro e será transmitida nesta segunda-feira (24) durante a noite no Reino Unido.

De acordo com Guardian, a rainha irá destacar a importância das pessoas que têm visões opostas e uma das frases ditas pela monarca será: “Mesmo com as diferenças mais profundas, tratar a outra pessoa com respeito e como um ser humano é sempre um bom primeiro passo para uma maior compreensão”.

Com o Parlamento britânico dividido sobre o Brexit de Theresa May e conflitos militares ao redor do mundo, a mensagem da monarca tentará dar uma "acalmada" nos ânimos dos britânicos.

Segundo os protocolos reais, a chefe de Estado não pode expressar sua opinião sobre as questões políticas, mas segundo o Guardian, muitos espectadores podem interpretar as palavras da monarca como uma referência ao clima "pesado" em torno do acordo para o processo de saída do Reino Unido da União Europeia. 

A mensagem, que é escrita pela própria rainha, tradicionalmente tem um viés religioso e reflete sobre questões atuais. Os destaques na mensagem deste ano devem retratar o casamentos de seu neto, o príncipe Harry, com a ex-atriz americana Meghan Markle e também a chegada histórica do time de futebol Inglaterra à semifinal da Copa do Mundo na Rússia. 

A rainha também destacará a importância de ter sua família ao seu redor e suas fortes crenças cristãs.

De acordo com publicação na conta oficial da família real britânica no Twitter, a monarca dirá que “por meio das muitas mudanças que tenho visto ao longo dos anos, a fé, a família e a amizade não têm sido apenas uma constante para mim, mas uma fonte de conforto pessoal e confiança”

*Estagiária do R7 sob supervisão de Ana Luísa Vieira