Internacional Rebeldes atacam instalação petrolífera na Arábia Saudita

Rebeldes atacam instalação petrolífera na Arábia Saudita

Houthis iemenitas assumiram a autoria do atentado em Jidá, onde acontece o grande prêmio de Fórmula 1 neste fim de semana

  • Internacional | Do R7, com informações da AFP

Enorme incêndio pode ser visto de diferentes pontos da cidade de Jidá

Enorme incêndio pode ser visto de diferentes pontos da cidade de Jidá

Andre Isakovic/AFP - 25.3.2022

Um enorme incêndio atingiu nesta sexta-feira (25) uma instalação petrolífera em Jidá, uma das maiores cidades da Arábia Saudita. Imagens divulgadas pela imprensa internacional mostram grandes nuvens de fumaça após a explosão.

Os rebeldes houthis iemenitas reivindicaram, em comunicado, uma série de ataques na Arábia Saudita, entre os quais o que causou grande incêndio em uma instalação da Aramco, companhia petrolífera estatal do país.

A Arábia Saudita, à frente de uma coalizão militar que intervém no Iêmen contra os rebeldes, é frequentemente alvo de ataques por parte dos houthis, alguns deles contra instalações de petróleo.

A explosão aconteceu a apenas 12 km de distância do circuito de rua de Jidá, onde neste fim de semana a Fórmula 1 disputa o Grande Prêmio da Árabia Saudita. Era possível ver da pista a nuvem de fumaça após a explosão na instalação petrolífera.

Antes do segundo treino livre da Fórmula 1, chefes de equipe e pilotos se reuniram com a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) supostamente para discutir sobre a continuidade do fim de semana de corridas.

Não há informações sobre mortos ou feridos nos ataques realizados pelos rebeldes nesta sexta-feira. 

Últimas