Reino Unido

Internacional Reino Unido bate recorde de casos de Covid-19 desde janeiro

Reino Unido bate recorde de casos de Covid-19 desde janeiro

País registrou 58 mil novas infecções da doença e autoridades apontam a variante Ômicron como o motivo do número

AFP
Reino Unido bate recorde de casos de Covid-19 desde janeiro deste ano

Reino Unido bate recorde de casos de Covid-19 desde janeiro deste ano

Daniel LEAL / AFP

O Reino Unido está em uma "situação profundamente preocupante", com mais de 58 mil novas infecções por Covid-19 registradas nesta sexta-feira (10), um recorde desde janeiro, disse o ministro da Habitação, Michael Gove, após uma reunião.

Os chefes de governo das diferentes nações do Reino Unido tiveram que enfrentar "informações muito difíceis" durante a reunião, presidida pelo ministro e focada na situação da saúde.

"Sabemos que hoje temos o maior número de infecções por Covid no Reino Unido desde 9 de janeiro", enfatizou Gove na televisão.

O número de casos da variante Ômicron "multiplica-se a cada dois ou três dias na Inglaterra e ainda mais rapidamente na Escócia", frisou.

Na Inglaterra, "30% dos casos são da variante Ômicron", identificada no país há apenas 15 dias.

A variante dissemina-se de tal forma que mesmo aqueles que estão vacinados com duas doses são suscetíveis a "acabar doentes, infectados e potencialmente hospitalizados", disse Michael Gove.

Para lidar com essa nova onda de infecções, o primeiro-ministro, Boris Johnson, anunciou na quarta-feira a volta ao trabalho remoto a partir da segunda-feira e a adoção de um passaporte de saúde para grandes eventos.

O Reino Unido é um dos países mais afetados da Europa, com mais de 146 mil mortes desde o início da pandemia.

Recentemente, haviam sido reinstauradas medidas de combate à nova variante, como restrições de fronteira e transporte ou uso de máscara em lojas e transporte público.

Por sua vez, a primeira-ministra escocesa, Nicola Sturgeon, anunciou um endurecimento das regras sanitárias. A partir de sábado, quem compartilha um endereço com uma pessoa que testar positivo terá que se isolar por dez dias.

Últimas