Rússia x Ucrânia

Internacional Rússia: denúncias de atrocidades buscam o fracasso de negociações com a Ucrânia

Rússia: denúncias de atrocidades buscam o fracasso de negociações com a Ucrânia

Serguei Lavrov voltou a dizer que as acusações de crimes de guerra são mentiras implantadas pelos ucranianos e pelo Ocidente

  • Internacional | Do R7, com informações da AFP e da Reuters

Serguei Lavrov em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (4)

Serguei Lavrov em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (4)

Alexander Zemlianichenko/POOL/AFP - 4.4.2022

O chefe da diplomacia russa Serguei Lavrov disse nesta terça-feira (5) que as acusações de supostas atrocidades cometidas pela Rússia após a descoberta de corpos na cidade ucraniana de Bucha são uma "provocação" para atrapalhar as negociações entre Kiev e Moscou.

“Surge uma pergunta: qual é a utilidade dessa provocação aberta e falaciosa?”, questionou Lavrov em uma mensagem de vídeo transmitida pela televisão russa, antes de responder: “Isso nos leva a acreditar que serve para atrapalhar as negociações de paz”.

No dia anterior, Lavrov havia dito que os líderes mundias deveriam fazer um exame de culpa sobre as atitudes em outros conflitos antes de acusar o presidente da Rússia, Vladimir Putin, por crimes de guerra.

O Kremlin negou categoricamente qualquer acusação relacionada ao assassinato de civis, inclusive em Bucha, onde afirma que as sepulturas e cadáveres formam uma encenação da Ucrânia para manchar a imagem da Rússia.

Do lado ucraniano, o presidente Volodmir Zelenski acusou as forças russas de "genocídio" após visitar Bucha, em uma das poucas vezes em que o líder ucraniano saiu de Kiev desde o início da guerra.

Últimas