Rússia x Ucrânia

Internacional Seguindo países da União Europeia, Eslováquia expulsa 35 diplomatas russos

Seguindo países da União Europeia, Eslováquia expulsa 35 diplomatas russos

Autoridade eslovaca afirmou que a Rússia não demostrou "interesse em operar corretamente" durante missão diplomática

AFP
Embaixada russa em Bratislava, capital da Eslováquia

Embaixada russa em Bratislava, capital da Eslováquia

Vladimir Simicek/AFP - 22.4.2021

A Eslováquia anunciou nesta quarta-feira (30) a expulsão de 35 diplomatas russos com base em informações de seu serviço de inteligência, no momento em que medidas desse tipo se intensificam em toda a Europa devido à invasão russa da Ucrânia.

O embaixador da Federação Russa foi convocado ao Ministério de Relações Exteriores e recebeu um comunicado anunciando "que a República Eslovaca decidiu reduzir em 35 pessoas o pessoal da embaixada russa em Bratislava", anunciou o porta-voz da diplomacia eslovaca, Juraj Tomaga.

"Lamentamos que, após as expulsões anteriores de diplomatas russos nos últimos anos, a missão russa não tenha mostrado nenhum interesse em operar corretamente na Eslováquia", acrescentou.

A Eslováquia já tinha expulsado três diplomatas russos por espionagem no início deste mês e, em agosto de 2020, Bratislava também expulsou três diplomatas russos por "um crime grave".

A medida foi tomada um dia depois que outros quatro países da União Europeia — Bélgica, Holanda, Irlanda e República Tcheca — anunciaram a expulsão de dezenas de diplomatas russos suspeitos de espionagem.

Outros países, entre eles os Estados Unidos e a Polônia, também expulsaram nas últimas semanas diplomatas russos.

A Rússia, por outro lado, declarou diversos diplomatas americanos pessoa não grata.

Últimas