Rússia x Ucrânia

Internacional Senador dos Estados Unidos pede aos russos assassinato de Putin

Senador dos Estados Unidos pede aos russos assassinato de Putin

Para republicano Lindsey Graham, russo que matasse o presidente estaria “prestando um grande serviço ao seu país e ao mundo”

  • Internacional | Letícia Sepúlveda, do R7

O senador dos EUA Lindsey Graham recebe um telefonema na Sala Leste da Casa Branca

O senador dos EUA Lindsey Graham recebe um telefonema na Sala Leste da Casa Branca

Jim Watson/AFP - 03.03.2022

O senador republicano Lindsey Graham disse que o povo russo deveria assassinar o presidente Vladimir Putin. A declaração foi publicada em sua conta no Twitter nesta quinta-feira (3).

"Existe um Brutus na Rússia? Existe um coronel Stauffenberg mais bem-sucedido nas Forças Armadas russas?", perguntou em referência ao traidor de Júlio César e ao oficial do Exército alemão que liderou um atentado na tentativa de assassinar Adolf Hitler.

“A única maneira de isso terminar é alguém na Rússia acabar com esse cara [Putin]. Você estaria prestando um grande serviço ao seu país – e ao mundo”, concluiu o republicano, em meio ao contexto da invasão russa da Ucrânia.

Para o senador, o povo russo deveria “dar um passo à frente”, para não viver “na escuridão pelo resto da vida e isolado do resto do mundo em uma pobreza abjeta”.

Antes da publicação no Twitter, Graham sugeriu o assassinato de Putin durante participação em um programa da Fox News.

Incêndios e protestos: veja imagens do nono dia de invasão russa

undefined

Últimas