Internacional Site do gabinete presidencial de Taiwan sofre ataque cibernético estrangeiro

Site do gabinete presidencial de Taiwan sofre ataque cibernético estrangeiro

Hackers direcionaram milhões de acessos da China e da Rússia para derrubar a página do governo taiwanês na internet 

Reuters - Internacional
Ataque de hackers tirou o site do governo de Taiwan do ar por 20 minutos

Ataque de hackers tirou o site do governo de Taiwan do ar por 20 minutos

Pixabay

O site do gabinete presidencial de Taiwan sofreu um ataque cibernético estrangeiro nesta terça-feira (2) antes da chegada da presidente da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, a Taipé.

Ataques contra sites do governo taiwanês teriam sido causados por hackers ativistas chineses, disse uma organização de pesquisa de segurança cibernética. Inicialmente, levantou-se a suspeita de que a ação teria como autor o governo chinês.

O acesso ao site foi restaurado cerca de 20 minutos após o ataque. As agências governamentais de Taiwan estavam monitorando a situação, segundo um porta-voz do governo local.

Um portal do governo e o site do Ministério das Relações Exteriores da ilha também foram temporariamente retirados do ar.

Em comunicado, o ministério disse que ambos os sites foram atingidos por até 8,5 milhões de pedidos de acesso por minuto, a maioria com origem na China e na Rússia.

Esses ataques têm como estratégia direcionar grandes volumes de tráfego da internet para um determinado servidor. Ações desse tipo não consideradas sofisticadas, mas costumam ser eficientes para derrubar uma página.

"São ataques descoordenados, aleatórios contra sites que os hacktivistas chineses usam para transmitir sua mensagem", disse Johannes Ullrich, do SANS Technology Institute, organização de educação e pesquisa em segurança cibernética.

Últimas