Internacional Rússia: sobe para 35 o número de mortos em incêndio em posto de gasolina

Rússia: sobe para 35 o número de mortos em incêndio em posto de gasolina

Uma área de  600 metros quadrados ficou destruída e foi necessário 260 bombeiros para apagar o fogo

  • Internacional | Do R7, com AFP

Incêndio em posto de gasolina na Rússia mobilizou mais de 260 bombeiros

Incêndio em posto de gasolina na Rússia mobilizou mais de 260 bombeiros

Ministério da Emergência da Rússia/ AFP -14.08.2023

O ministério de Situações de Emergência da Rússia atualizou para 35 mortos e 80 feridos no incêndio que atingiu um posto de gasolina no Daguestão, região do Cáucaso russo na madrugada desta terça-feira (14).

"As causas e o tipo de explosão estão sendo investigados", afirmou o governador do Daguestão, Serguei Melikov, antes de elogiar os "atos heroicos" dos integrantes das equipes de resgate que, segundo ele, evitaram um número de vítimas ainda maior.

O incêndio se propagou por uma área de 600 metros quadrados e foi necessário 260 bombeiros para controlar as chamas, segundo informações divulgadas pelo Ministério de Situações de Emergência.

Um avião Il-76 com equipamento médico foi enviado Makhatchkala para transportar os feridos em estado grave a Moscou.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, expressou condolências às famílias das vítimas e desejou uma "rápida recuperação aos feridos", segundo um comunicado divulgado pelo Kremlin. O presidente de Belarus, Alexander Lukashenko, aliado de Moscou, também expressou pêsames.

"No final da investigação realizada pelas forças de segurança, nós faremos  todo o possível para que a justiça triunfe e para que a segurança de todos os habitantes do Daguestão seja garantida", declarou Melikov.

Kim Jong-un visita fábrica de fuzis, comemora avanços e cobra preparação para a guerra

Últimas