Internacional Sri Lanka: polícia enviou aviso sobre possível ataque faz 10 dias

Sri Lanka: polícia enviou aviso sobre possível ataque faz 10 dias

Comunicado emitido por vice inspetor dizia que eles receberam informações sobre ataques suicidas. Primeiro Ministro disse que não foi informado

Sri Lanka: polícia enviou aviso sobre possível ataque faz 10 dias

Primeiro Ministro disse não saber de aviso

Primeiro Ministro disse não saber de aviso

Derana TV/via Reuters - 21.4.2019

Dez dias antes dos atentados deste domingo (21) no Sri Lanka, a polícia já havia enviado um aviso sobre possíveis ataques, segundo a CNN.

O comunicado do Vice Inspetor Geral da Polícia foi emitido na quinta-feira (11) e divulgado pelo Ministro de Telecomunicação do país, Harin Fernando.

“Alguns oficiais da inteligência sabiam deste incidente. Portanto, houve um atraso na ação. O que o meu pai ouviu também foi dito por um oficial da inteligência. Ações sérias precisam ser tomadas sobre o porquê este aviso foi ignorado”, ele escreveu.

A CNN publicou uma parte do comunicado emitido por Priyalal Dissanayake, o Vice Inspetor Geral da Polícia.

“Nós gostaríamos de chamar a vossa atenção especial para as páginas 2 a 4 da declaração do Serviço de Inteligência do Estado, declarando que foram recebidas informações sobre um suposto plano de ataque suicida do líder das Nações Thawahid Jaman, Mohomad Saharan. De acordo com a informação desta declaração, gostaríamos que vocês dessem atenção especial e informassem sua equipe para providenciar medidas de segurança especiais para as áreas cobertas pelas divisões”, avisava o comunicado.

Apesar da confirmação da existência do aviso, o Primeiro Ministro Ranil Wickremesinghe disse em coletiva de imprensa que ele não sabia sobre a possibilidade de ataques e que isso deve ser investigado.

“Por hora, nossa prioridade é prender os culpados”, concluiu.

Arte R7