Guerra Israel x Hamas

Internacional Terroristas do Hamas mataram 40 bebês em kibutz de Kfar Aza, diz Exército de Israel

Terroristas do Hamas mataram 40 bebês em kibutz de Kfar Aza, diz Exército de Israel

Alguns deles teriam sido decapitados pelos terroristas, declarou um general israelense a um repórter do canal i24 News

  • Internacional | Do R7

Soldados retiram corpos do kibutz de Kfar Aza, em Israel; cerca de 40 bebês foram encontrados mortos no local

Soldados retiram corpos do kibutz de Kfar Aza, em Israel; cerca de 40 bebês foram encontrados mortos no local

Jack Guez/AFP 10.10.23

Os terroristas do Hamas mataram cerca de 40 bebês no kibutz de Kfar Aza — alguns dos corpos teriam sido decapitados, de acordo com um repórter do canal de notícias i24 News. O jornalista ouviu o relato de um general israelense, mas não chegou a ver os corpos do suposto crime de guerra.

Nesta terça-feira (10), as Forças de Defesa de Israel (IDF) levaram dezenas de jornalistas estrangeiros ao kibutz de Kfar Aza para presenciar a morte e a destruição provocadas pelos terroristas do Hamas nos ataques lançados contra civis israelenses desde o último sábado (7).

Com explosões e tiros de artilharia ao fundo, as equipes, protegidas por capacetes e coletes à prova de balas, percorreram o kibutz devastado, onde os corpos de terroristas palestinos ainda jaziam diante de casas marcadas pelo fogo.

O grupo de jornalistas foi protegido por pelo menos uma companhia de soldados da IDF, vestidos com equipamento completo de combate, enquanto continuavam a inspecionar as casas, segundo o relato do jornal The Times of Israel.

Os profissionais disseram que os gramados do kibutz contrastavam com o assassinato de civis realizado dias antes. Os repórteres ainda relataram que “um cheiro de morte” permeava o local.

Balanço

O número de israelenses mortos nos confrontos Hamas-Israel passou de mil nesta terça-feira (10), o quarto dia desde a ofensiva do grupo terrorista no território. Entre as vítimas do confronto estão também mais de 700 palestinos. No total, 1.700 perderam a vida.

O Exército israelense afirmou que localizou 1.500 corpos de membros do Hamas, mas esse número não foi incluído na última atualização. Somado esse dado, a quantidade de mortos nos confrontos passa de 3.000.

Domo de ferro: como funciona o sistema antimíssil de Israel

Últimas