Internacional Trens com refugiados são bloqueados no leste da Ucrânia por bombardeio russo

Trens com refugiados são bloqueados no leste da Ucrânia por bombardeio russo

Autoridades ucranianas pedem à população que deixe a região oriental do país por temerem ofensiva russa maciça na área

AFP
Milhares de pessoas se acumulam nas plataformas das estações de trem no leste ucraniano

Milhares de pessoas se acumulam nas plataformas das estações de trem no leste ucraniano

Fadel Senna/AFP - 05.04.2022

Trens que retiram pessoas do leste da Ucrânia foram bloqueados nesta quinta-feira (7) pelo bombardeio russo da única linha ferroviária ainda sob controle do país invadido, anunciou o diretor das ferrovias ucranianas, Olexandre Kamishin.

"O inimigo realizou bombardeios aéreos contra a ferrovia próximo à estação Barbenkovo da linha de Donetsk. É a única rota de saída de trem de cidades como Sloviansk, Kramatorsk e Liman que está sob controle ucraniano", escreveu ele no Telegram.

Essa linha é hoje uma "rota de sobrevivência para dezenas de milhares de nossos compatriotas". Segundo Kamishin, três trens estão bloqueados em Sloviansk e Kramatorsk.

"Aguardamos o fim dos ataques para esclarecer a situação. Os passageiros dos trens bloqueados foram transferidos para as estações até que a situação seja esclarecida", acrescentou.

As autoridades ucranianas instaram a população das regiões orientais sob seu controle a se retirar o mais rápido possível, pois estimam uma ofensiva maciça das forças russas.

O governador de Lugansk, Sergiy Gaiday, advertiu nesta quinta-feira que era a "última chance", já que os russos estavam "cortando todas as vias de fuga".

Últimas