Internacional Três dias após explosão de oleoduto, México contabiliza 91 mortos

Três dias após explosão de oleoduto, México contabiliza 91 mortos

Governador diz que famílias afetadas pela tragédia estão recebendo suporte para dormir, alimentar-se, para apoio funeral e transporte

México contabiliza 91 mortos por explosão

México contabiliza 91 mortos por explosão

REUTERS/Mohammed Salem/21.01.2019

Três dias depois da explosão no gasoduto no município de Tlahuelilpan, em Hidalgo, no México, o país contabiliza 91 mortos, 52 feridos atendidos em vários hospitais, além de 68 restos mortais, dos quais 10 foram identificados.

O governador de Hidalgo, Omar Fayad Meneses, disse que o esforço no momento se concentra em “salvar vidas”. Segundo ele, paralelamente a população deve apoiar a estratégia nacional contra o roubo de hidrocarbonetos.

De acordo com o governador, as famílias afetadas pela explosão estão recebendo suporte para dormir, alimentar-se, para apoio funeral e transporte.

A explosão ocorreu no sábado (19). A suspeita é que foi motivada pela perfuração do gasoduto. 

O furto de combustíveis no México se tornou um problema nacional. Na semana passada, o presidente da República concedeu entrevista coletiva, na qual detalhou um plano de governo para combater este tipo de crime.

Últimas