Internacional Ucrânia anuncia acordo com a Rússia para retirar civis de Mariupol

Ucrânia anuncia acordo com a Rússia para retirar civis de Mariupol

Após três dias seguidos sem corredores humanitários, será permitida a saída de mulheres, crianças e idosos da cidade sitiada

  • Internacional | Do R7, com informações da AFP

Mariupol está cercada por soldados russos há semanas

Mariupol está cercada por soldados russos há semanas

Alexander Ermochenko/Reuters - 04.07.2022

A Ucrânia e a Rússia concordaram em abrir um corredor humanitário nesta quarta-feira (20) para evacuar civis de Mariupol, a cidade portuária do sul sitiada há semanas por tropas russas, para Zaporizhia (sul).

"Conseguimos chegar a um acordo preliminar sobre um corredor humanitário para mulheres, crianças e idosos", disse a vice-primeira-ministra ucraniana, Iryna Vereshchuk, no Telegram. "Dada a situação catastrófica em Mariupol, hoje estamos concentrando nossos esforços nessa direção", acrescentou.

Desde sábado, nenhum corredor humanitário está operando na Ucrânia devido à falta de acordo com Moscou, que intensificou seus ataques no leste da Ucrânia nos últimos dias.

No total, 300.000 ucranianos foram evacuados através desses dispositivos desde o início da guerra em 24 de fevereiro, de acordo com dados divulgados na noite de terça-feira (19) pelo Ministério da Reintegração da Ucrânia.

"Desde o início da guerra, o governo ucraniano propôs mais de 340 corredores humanitários. Os ocupantes (russos) aceitaram cerca de 300 e de fato 176 funcionaram", disse o ministério, que acusa a Rússia de ter violado o cessar-fogo ou bloqueado o ônibus de evacuação em várias ocasiões, o que Moscou nega.

Últimas