Rússia x Ucrânia

Internacional Ucrânia destruiu mais de 2.000 tanques e 250 aviões russos, diz Volodmir Zelenski

Ucrânia destruiu mais de 2.000 tanques e 250 aviões russos, diz Volodmir Zelenski

Presidente ucraniano fez pronunciamento ao povo do país na data em que a guerra com a Rússia completa 200 dias

  • Internacional | Do R7, com informações da AFP e EFE

Presidente da Ucrânia, Volodmir Zelenski, durante coletiva de imprensa

Presidente da Ucrânia, Volodmir Zelenski, durante coletiva de imprensa

Handout/Yalta European Strategy (YES)/AFP - 9.9.2022

O presidente da Ucrânia, Volodmir Zelenski, disse no último domingo (11) que o país destruiu mais de 2.000 tanques, 4.500 veículos de combate blindados, 250 aviões e 200 helicópteros russos desde o início da guerra, em 24 de fevereiro.

No habitual discurso noturno, desta vez sobre os 200 dias de guerra, o líder ucraniano disse que as Forças Armadas do país também destruíram mais de 1.000 sistemas de artilharia, outros 1.000 drones, 15 navios e barcos e "milhares de outras peças de equipamento inimigo".

"Hoje todos veem e tomam nota" das ações do Exército ucraniano "no norte, sul e leste da Ucrânia", disse Zelenski, para quem "o mundo está chocado" e "o inimigo está em pânico". Os defensores da Ucrânia, "todos aqueles que têm estado de pé corajosamente durante 200 dias", são a razão pela qual o país está "de pé", disse o presidente.

"Fortes, e é por isso que somos livres. Inquebráveis, e é por isso que somos independentes. Os nossos combatentes, que heroicamente contiveram o inimigo, e agora não se contêm. E expulsam os ocupantes do norte, do sul e do leste. Em todas as direções, mas movendo-se numa só direção: em frente e em direção à vitória", declarou.

No discurso aos militares ucranianos, o presidente garantiu que "o caminho para a vitória é difícil", mas está confiante em que eles são capazes de alcançá-lo. "Vocês chegarão à nossa fronteira, a todas as seções da mesma. Verão as nossas fronteiras e as costas dos nossos inimigos", comentou o mandatário.

Contraofensiva

O Exército ucraniano anunciou nesta segunda-feira (12) que retomou "mais de 20 localidades" em 24 horas como parte da contraofensiva para afastar o Exército russo.

"A libertação de localidades que estão nas mãos dos invasores russos continua nas regiões de Kharkiv e Donetsk", no leste do país, afirmou o Exército em um comunicado. "Em toda a linha de frente, as forças ucranianas conseguiram expulsar o inimigo de mais de 20 localidades em 24 horas", acrescenta a nota.

"Durante a retirada, as tropas russas estão abandonando de maneira apressada suas posições e fugindo", destaca o Exército no comunicado. 

A Ucrânia afirma ter retomado desde o início de setembro quase 3.000 km² de território, principalmente na região de Kharkiv.

Últimas