China

Internacional Ucrânia pede à China que interceda junto à Rússia pelo fim da guerra

Ucrânia pede à China que interceda junto à Rússia pelo fim da guerra

O ministro das Relações Exteriores chinês, Wang Yi, teria respondido que Pequim está disposta a fazer tudo para ajudar a acabar com o conflito por meio da diplomacia

  • Internacional | Da Reuters, com R7

Ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba, apelou para aliado russo

Ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba, apelou para aliado russo

REUTERS/Carlo Allegri

O ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba, pediu a seu colega chinês em um telefonema nesta terça-feira (1º) que use os laços de Pequim com Moscou para impedir a invasão militar russa

De acordo com comunicado, o ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, disse a Kuleba que Pequim está disposta a fazer tudo para ajudar a acabar com a guerra por meio da diplomacia.

A China, que se aproximou de Moscou nos últimos anos, mantendo laços diplomáticos cordiais e fortes laços comerciais com a Ucrânia, recusou-se a condenar o ataque da Rússia ao país e a chamar suas ações de invasão.

A ligação telefônica entre os dois ministros é a primeira que foi relatada desde o ataque da Rússia ao seu vizinho na quinta-feira passada (24). A iniciativa coube a Kuleba, de acordo com o Ministério das Relações Exteriores da China.

Wang Yi repetiu o pedido da China para uma resolução da crise por meio de negociações, dizendo que apoia todos os esforços internacionais que possam ajudar.

Portal R7

Últimas