Internacional Uma criança se torna refugiada a cada segundo na Ucrânia, diz Unicef

Uma criança se torna refugiada a cada segundo na Ucrânia, diz Unicef

Após a invasão russa, em torno de 1,4 milhão de crianças se viram obrigadas a fugir do país

  • Internacional | Do R7

Menina de 3 anos é retirada de Mariupol em meio à invasão russa da Ucrânia

Menina de 3 anos é retirada de Mariupol em meio à invasão russa da Ucrânia

Alexander Ermochenko/Reuters - 08.03.2022

Quase a cada segundo uma criança da Ucrânia se torna refugiada, informou o Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) nesta terça-feira (15).

Nos últimos 20 dias, após a invasão russa da Ucrânia, em torno de 1,4 milhão de crianças foram obrigadas a fugir do país, ou seja, cerca de 55 por minuto, ou "praticamente uma criança por segundo", disse o porta-voz do Unicef, James Elder, em entrevista coletiva em Genebra, na Suíça.

No total, mais de 2,95 milhões de pessoas fugiram da Ucrânia, de acordo com o último balanço do Acnur (Alto-Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados).

"Esta crise, por sua velocidade e sua magnitude, não tem precedentes desde a Segunda Guerra Mundial", disse o porta-voz do Unicef. Ele ressaltou que as crianças correm "o risco de se ver separadas dos pais, sofrer violências, ser exploradas sexualmente ou servir ao tráfico" de pessoas.

Guerra pelo mundo: veja outros quatro conflitos além da Ucrânia

Últimas