"Uma guerra civil na Europa é imaginável", diz comissário da UE

Até que a Espanha peça ajuda, bloco não pode interferir no país

Nos últimos dias, vários protestos feitos a favor da independência da Catalunha
Nos últimos dias, vários protestos feitos a favor da independência da Catalunha REUTERS

Os recentes conflitos envolvendo o governo federal da Espanha e a Catalunha sobre o referendo de independência da região podem fazer com que o país entre em uma guerra civil na Europa, disse o comissário alemão de programação financeira e orçamentos da União Europeia (UE), Günther Oettinger, nesta quinta-feira (5).

— A situação é muito, muito preocupante. É imaginável uma guerra civil dentro da Europa. Só podemos esperar para que as conversas entre Madrid e Barcelona comecem logo.

Segundo Oettinger, a UE não pode interferir por sua própria iniciativa na disputa interna da Espanha.

— A mediação da UE só seria possível se solicitado, mas não se não for solicitado.

Além disso, o comissário disse que a UE está sujeita às regras das constituições dos países membros, deve prestar atenção nela e não desrespeitá-la, recordando que um referendo em uma região como a Catalunha não está contemplado na Constituição espanhola.