Internacional Vazamento de gás em indústria deixa mortos e intoxica milhares

Vazamento de gás em indústria deixa mortos e intoxica milhares

Nuvem tóxica de até 3 quilômetros de extensão se formou nos arredores de Visakhapatnam, após estireno vazar de fábrica da LG na cidade indiana

  • Internacional | Da EFE, com R7

Gás estireno vazou de fábrica da sul-coreana LG em Visakhapatnam, na Índia

Gás estireno vazou de fábrica da sul-coreana LG em Visakhapatnam, na Índia

Stringer / EFE-EPA - 7.5.2020

Pelo menos sete pessoas morreram nesta quinta-feira (7) e milhares foram afetadas por um vazamento de gás de uma fábrica de produtos químicos no estado de Andhra Pradesh, no sul da Índia, segundo fontes oficiais.

"No momento, sete pessoas morreram e uma localidade inteira foi afetada, cerca de 2.000 famílias. No total, o número de pessoas afetadas excede 7.000", disse à Efe a comissária da corporação municipal da cidade de Visakhapatnam, Srijana Gummalla.

Gummalla indicou que o vazamento de estireno, um gás usado na fabricação de plásticos que é considerado neurotóxico e fatal em grandes concentrações, ocorreu em uma fábrica de propriedade da empresa sul-coreana LG Corporation por volta das 2h30, horário local hoje (21h de quarta-feira no horário de Brasília) .

Pessoas inconscientes pelas ruas

As emissoras de TV indianas mostraram imagens de dezenas de homens e mulheres inconscientes nas ruas, enquanto a polícia e os serviços de emergência transportavam os afetados para o hospital.

"As pessoas que apresentam sintomas de inalação foram transferidas para hospitais e a maioria foi evacuada", disse Gummalla, acrescentando que as pessoas afetadas tiveram problemas respiratórios ou ficaram inconscientes.

De acordo com um mapa publicado pela Visakhapatnam Municipal Corporation no Twitter, a nuvem de gás tóxico se espalhou em um raio de cerca de três quilômetros

O comissário indicou que as autoridades estão investigando o vazamento de gás e indicou que "parece que um grupo de trabalhadores não qualificados teve problemas com o trabalho de manutenção, que causou o vazamento".

Fábrica estava fechada durante quarentena

A fábrica fechou suas portas no final de março devido ao confinamento imposto em toda a Índia para combater a disseminação do coronavírus e começou a retomar as atividades nesta semana devido ao relaxamento de restrições estritas em algumas partes da Índia.

Deslizamentos de terra, incêndios e outros acidentes industriais são predominantes na Índia, muitas vezes devido ao mau estado de infraestrutura e falta de manutenção, fatores alimentados pela corrupção e práticas ilegais no setor da construção.

O país sofreu um dos maiores acidentes industriais da história quando um vazamento de gás tóxico de uma fábrica de pesticidas causou milhares de mortes na cidade indiana de Bhopal em 1984 e causou conseqüências duradouras que ainda hoje são notadas.

Últimas