Internacional Vice-presidente afegão escapa ileso de atentado em Cabul

Vice-presidente afegão escapa ileso de atentado em Cabul

Segundo fontes oficiais, pelo menos 10 pessoas morreram e 15 ficaram feridas em ataque a bomba. Amrullah Saleh teve ferimentos leves

Pelo menos 10 pessoas morreram em atentado

Pelo menos 10 pessoas morreram em atentado

Mohammad Ismail/Reuters - 9.9.2020

O vice-presidente do Afeganistão, Amrullah Saleh, escapou ileso de um ataque a bomba em Cabul, nesta quarta-feira (9), no qual pelo menos dez pessoas morreram e outras 15 ficaram feridas, informaram fontes oficiais.

"Hoje, mais uma vez, o inimigo do Afeganistão tentou ferir o primeiro vice-presidente, Amrullah Saleh, mas eles não conseguiram atingir seus objetivos, Amrullah Saleh saiu ileso e este ataque terrorista falhou", disse o gabinete do vice-presidente em um comunicado.

O ataque ocorreu hoje pela manhã (hora local) na praça Taimani Sabiqa, na capital afegã.

Em um vídeo divulgado horas depois do ataque, Amrullah Saleh falou à nação de seu gabinete, garantindo que estava seguro, embora ele tenha sido visto com a mão esquerda coberta com bandagens devido a ferimentos leves.

"Caros compatriotas, esta manhã por volta das 7h (hora local), quando eu estava indo para o gabinete, na região de Taimani, uma forte e chocante explosão aconteceu quando meu comboio de veículos passou", explicou ele no vídeo.

O vice-presidente, que viajava com seu filho mais novo, Ebadullah Jan, sofreu ferimentos leves, queimaduras no rosto e um pequeno ferimento na mão, disse ele, causado pela onda de explosão.

Pelo menos dois explosivos foram detonados na área quando o comboio do vice-presidente passava, "como resultado, dez civis, a maioria trabalhadores da área, foram mortos" e outros 15, incluindo vários guarda-costas de Amrullah Saleh, ficaram feridos, disse o porta-voz do Ministério do Interior, Tariq Arian.

Embora o ataque não tenha sido reivindicado por nenhum grupo armado no país, o Talibã, imediatamente, se desassociou da explosão.

Últimas