Internacional Vila italiana pode ser alugada inteira por menos de R$ 40 por pessoa

Vila italiana pode ser alugada inteira por menos de R$ 40 por pessoa

Petritoli, na costa leste da Itália, possui o próprio castelo, teatro, e pode hospedar entre 50 e 200 pessoas em apartamentos e casas

Resumindo a Notícia

  • Vila italiana pode ser alugada para eventos e hospedar até 200 convidados
  • Reservar todas as casas do local custa menos de R$ 40 por pessoa
  • Castelo chamada de Palazzo Mannocchi tem vista panorâmica da região
Vila em Petritoli, na costa lesta da Itália, pode ser alugada para eventos com até 250 convidados

Vila em Petritoli, na costa lesta da Itália, pode ser alugada para eventos com até 250 convidados

Wikimedia Commons

Uma vila italiana inteira está disponível para alugar pelo valor de 6,50 euros (R$ 36,43) por pessoa, a cada noite.

Petritoli, na região de Le Marche, na costa leste da Itália, possui o próprio castelo, chamado de "Palazzo Mannocchi", que oferece vistas panorâmicas da paisagem, a partir de uma posição 300 metros acima do nível do mar, além de piscina e jardins.

O local também possui o teatro barroco "Iride", além de uma adega romana atmosférica com tetos abobadados, salões pintados com afrescos e praças às quais os hóspedes podem ter acesso exclusivo durante a estadia.

A vila ainda pode ser usada para casamentos, festas ou outros eventos de grande escala. Serviços de catering estão disponíveis, com jantares para até 250 pessoas possíveis de organizar.

Peritroli tem 98 quartos e várias opções de acomodação, podendo hospedar entre 50 e 200 pessoas. Os hóspedes podem ficar em apartamentos completos e casas italianas tradicionais espalhadas por toda a vila, todos a uma curta caminhada um do outro. 

O preço da reserva começa em 1.303 euros (R$ 7.240,29) por noite, informa o The Mirror — que se torna 6,50 euros por pessoas quando dividido entre 200, o número máximo de hóspedes durante a noite. No entanto, as reservas devem ser de no mínimo três e no máximo sete noites.

Existem inúmeros restaurantes, bares e adegas no local, bem como supermercados e lojas, tudo a uma curta distância a pé do alojamento da aldeia.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Pablo Marques

Últimas