Internacional Youtuber é sentenciado a 10 anos de prisão por pornografia infantil

Youtuber é sentenciado a 10 anos de prisão por pornografia infantil

Americano havia pedido para fãs mandarem vídeos sensuais, em 2015. Ele foi preso em 2017 e admitiu ser culpado durante o julgamento 

Youtuber pediu para fãs mandarem vídeos pornográficos

Youtuber pediu para fãs mandarem vídeos pornográficos

Reprodução/Instagram

O Youtuber norte-americano Austin Jones foi sentenciado a 10 anos de prisão por recebimento de pornografia infantil, segundo os portais BuzzFeed News e The Verge.

Ele começou a produzir vídeos em 2007, quando fez covers a capella de músicas populares. A conta do rapaz foi deletada da plataforma de vídeos depois que ele admitiu a culpa no julgamento, em fevereiro.

Segundo as investigações, Jones, que tem 26 anos, havia pedido para fãs menores de idade enviar fotos e vídeos sensuais para ele em 2015. Ele admitiu que a história era real em um vídeo, disse estar envergonhado, mas negou que pediu para as fãs gravarem e mandarem os vídeos.

Depois de ser preso em 2017, ele admitiu ter usado aplicativos de mensagens para conversar e convencer as fãs. O Youtube desmonetizou o canal do rapaz e ele não conseguia mais ganhar dinheiro através dos anúncios, mas a plataforma não havia deletado a conta, alegando que ele não havia violado as regras do serviço.