Internacional Zelenski critica Elon Musk por proposta para acabar com guerra na Ucrânia

Zelenski critica Elon Musk por proposta para acabar com guerra na Ucrânia

Presidente falou que Musk deveria ir até o território ucraniano e ver por si mesmo os estragos causados pela guerra

AFP
Presidente Zelenski falou via vídeo no elenco do jornal New York Times

Presidente Zelenski falou via vídeo no elenco do jornal New York Times

THOS ROBINSON/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/Getty Images via AFP - 30.11.2022

O presidente ucraniano, Volodmir Zelenski, criticou nesta quarta-feira (30) a proposta de paz de Elon Musk para acabar com a guerra na Ucrânia e recomendou ao dono da Tesla e do Twitter que viajasse para o território ucraniano.

Musk provocou revolta em outubro quando formulou no Twitter uma proposta de acordo de paz entre Rússia e Ucrânia para acabar com os combates.

O bilionário sugeriu que a península da Crimeia continuasse sendo parte integrante da Rússia, que novos referendos nas regiões ucranianas "anexadas" pelos russos fossem organizados e que a Ucrânia recebesse status de país neutro.

Em um evento organizado pelo jornal The New York Times, Zelenski pareceu zombar da proposta de Musk dizendo que ele deveria visitar a Ucrânia.

"Acho que alguém tem influência sobre ele ou ele está tirando conclusões por conta própria", disse Zelenski ao comentar as sugestões de Musk.

"Se você quer entender o que a Rússia fez aqui, venha para a Ucrânia e veja por si mesmo", continuou Zelenski. "E depois me diga como acabar com esta guerra, quem a começou e quando pode terminar."

O fundador da Tesla e da SpaceX lançou em outubro uma enquete entre seus mais de 100 milhões de seguidores no Twitter sobre sua proposta de paz.

Zelenski respondeu com sua própria enquete na rede social ao perguntar: "Qual @elonmusk você gosta mais?", com as opções "o que apoia a Ucrânia" e "o que apoia a Rússia".

O presidente russo, Vladimir Putin, que enviou tropas à Ucrânia em 24 de fevereiro com o pretexto de "desnazificar" o país pró-Ocidente, pediu a Kiev que negocie o fim do conflito.

No entanto, Zelenski garantiu que nunca negociará com a Rússia enquanto Putin estiver no poder.

Últimas