JR na TV Jornalistas da Record TV relembram as grandes coberturas jornalísticas no Clubhouse

Jornalistas da Record TV relembram as grandes coberturas jornalísticas no Clubhouse

No primeiro bate-papo promovido pelo Jornal da Record na plataforma de áudio, Celso Freitas, Camila Busnello, André Tal e Leandro Stoliar contaram histórias sobre os bastidores de suas maiores reportagens

  • JR na TV | Do R7

Jornal da Record promove bate-papo no Clubhouse

Jornal da Record promove bate-papo no Clubhouse

Reprodução/Clubhouse

Reforçando sua presença e atuação em todas as plataformas da internet, o Jornal da Record promoveu na noite da última quinta-feira (4) o primeiro bate-papo na rede social de áudio Clubhouse.

Sob o tema Minhas Top 3 Coberturas Jornalísticas, os jornalistas da Record TV Celso Freitas, Camila Busnello, André Tal e Leandro Stoliar contaram um pouco suas experiências na cobertura de grandes notícias.

Âncora do Jornal da Record, e atualmente à frente do Podcast JR 15 Min, Celso Freitas falou sobre alguns de seus trabalhos mais marcantes,  entre eles a posse do ex-presidente dos EUA Barack Obama, em 2009, e a morte do piloto Ayrton Senna, em 1994.

O repórter André Tal, que foi correspondente internacional por anos, relembrou momentos de tensão nas coberturas do ataque terrorista ao Bataclan, em Paris, em 2015, e também no acidente nuclear de Fukushima, no Japão, e que completa 10 anos em 11 de março.

A reportagem investigativa sobre a atuação das empreiteiras citadas na Operação Lava Jato na Venezuela foi uma das experiências profissionais mais marcantes para o repórter Leandro Stoliar e, inclusive, vai virar um livro. O jornalista relembrou ainda a prisão por 30 horas na sede da polícia política do país.

A mediadora da conversa, Camila Busnello, recordou um dos casos mais emblemáticos no país: o sequestro da jovem Eloá, em 2008. Ela, ainda, contou curiosidades sobre a realização de reportagens fora do Brasil.

Thiago Contreira, diretor de conteúdo de jornalismo da Record TV, também participou do bate-papo e comentou algumas coberturas que marcaram sua carreira, como o incêndio na boate Kiss, em 2013, e o rompimento da barragem de Brumadinho, em 2019.

O Clubhouse é baseado em bate-papos de áudio e até o momento só funciona em aparelhos com iOS. Nas salas de conversa sobre os mais variados temas, é possível se aprofundar em assuntos de diversos interesses e ouvir notícias. Em breve, o Jornal da Record vai promover  novos encontros pela rede social de áudio, contribuindo nas discussões com sua expertise em trazer notícias, análises e uma visão apurada dos fatos, sempre com a curadoria do time do jornalismo da Record TV.

Últimas