JR na TV Anvisa emite alerta sobre os riscos do uso de colas instantâneas em procedimentos de beleza

Anvisa emite alerta sobre os riscos do uso de colas instantâneas em procedimentos de beleza

As colas permanentes não devem ser usadas em contato com a pele, unhas ou olhos, diz a agência

  • JR na TV

O produto é utilizado para fixar cílios e unhas postiças. Depois de receber relatos de pessoas com reações alérgicas, irritação e ardência nos olhos, a Anvisa fez um alerta: as colas permanentes não devem ser usadas em contato com a pele, unhas ou olhos. A agência recomendou a suspensão imediata da aplicação desses produtos em procedimentos de beleza.

Últimas