Minas Gerais Advogado vai a júri popular por tentativa de feminicídio contra ex

Advogado vai a júri popular por tentativa de feminicídio contra ex

Ex-namorada do acusado foi deixar os pertences dele na portaria e foi agredida com socos, chutes e pisões e teve 31 lesões no corpo

Advogado vai ser julgado por tentativa de feminicídio

Advogado vai ser julgado por tentativa de feminicídio

Reprodução / Redes Sociais

O advogado criminalista Demétrio Antônio Vargas de Mattos, acusado de tentativa de feminicídio contra a ex-namorada vai a júri popular nesta sexta-feira (28). O caso acontecer em abril de 2017, em frente ao prédio em que ela morava no bairro Buritis, em Belo Horizonte.

Após o término do relacionamento, o acusado foi ao apartamento da vítima para buscar objetos pessoais. Quando a mulher foi levar os pertences até a portaria, foi recebida com agressões.

Feminicídio

A vítima foi agredida com chutes, socos e pisões no corpo e na cabeça, tendo um total de 31 lesões pelo corpo. As agressões só terminaram depois que os vizinhos apareceram para socorrer a vítima, que ficou internada durante duas semanas. O homem foi preso quatro dias após o crime. Em sua defesa, o advogado afirmou que era alcoólatra.

O acusado irá a júri popular e a sessão está prevista para ser iniciada às 9h desta sexta-feira (28). Se condenado por tentativa de feminicídio, o suspeito poderá pegar de 12 a 30 anos de cadeia.

Além deste caso, o homem também é suspeito de espancar outras quatro namoradas. As acusações ainda estão sendo investigadas.

*Estagiário do R7 sob a supervisão de Lucas Pavanelli

Últimas