Minas Gerais Apostador deixa de ganhar R$ 6,9 mi por não querer gastar R$ 2,50

Apostador deixa de ganhar R$ 6,9 mi por não querer gastar R$ 2,50

Morador de Ipatinga (MG) não levou o prêmio milionário da loteria, mas ganhou R$ 157 mil de consolação; entenda o que aconteceu

Um apostador da cidade de Ipatinga, a 209 km de Belo Horizonte, perdeu a oportunidade de levar para casa um prêmio de R$ 6,9 milhões por não querer gastar mais R$ 2,50 com um jogo.

Isto aconteceu em função de uma das variáveis das regras da Lotomania, que foi a aposta feita por um trabalhador autônomo que não teve a identidade revelada.

Aposta foi feita em Casa Lotérica em Ipatinga (MG)

Aposta foi feita em Casa Lotérica em Ipatinga (MG)

Reprodução / Record TV Minas

Nestes jogos, os apostadores marcam 50 dos 100 números do talão, pagando R$ 2,50. São premiados os jogadores que acertam 20, 19, 18, 17, 16, 15 ou nenhum número.

No entanto, existe uma forma de turbinar a jogada, pagando mais R$ 2,50, na chamada “aposta-espelho”, que faz um outro jogo com os 50 números que deixaram de ser marcados.

Marlon Fernandes, dono da lotérica onde o jogo foi feito, explica que o apostador de Ipatinga não acertou nenhum número. Assim, caso tivesse feito a “aposta-espelho”, ele necessariamente teria acertado as 20 dezenas e levado o prêmio acumulado de R$ 6,9 milhões.

— A atendente sempre pergunta para o cliente se ele quer fazer “aposta-espelho”.

O jogador no entanto, não saiu com as mãos livres. Como ele não acertou nenhum número entre os escolhidos, ele levou para casa um prêmio de R$ 157 mil de consolação, o maior valor pago pelo concurso na modalidade.

Últimas