Minas Gerais Assistente social é suspeita de roubar o salário de idosos em MG

Assistente social é suspeita de roubar o salário de idosos em MG

Mulher teria sacado R$ 75 mil e feito viagens para pontos turísticos usando o cartão de idosos e pessoas com baixa escolaridade

  • Minas Gerais | Lucas Pavanelli e Célio Ribeiro*, do R7

Vítimas seriam idosos de Aracitaba (MG)

Vítimas seriam idosos de Aracitaba (MG)

Divulgação / Prefeitura Municipal de Aracitaba

A Polícia Civil indiciou uma assistente social suspeita de praticar estelionato contra idosos em Aracitaba, cidade com pouco mais de 2 mil habitantes, localizada a 245 km de Belo Horizonte.

De acordo com os investigadores, a mulher, de 41 anos, estaria se aproveitando do cargo de assistente social para convencer idosos com pouca escolaridade e com problemas psiquiátricos a lhe entregar os cartões bancários em que eles recebiam seus salários e benefícios.

A assistente social dizia para as vítimas que sacaria o valor da aposentadoria e o devolveria integralmente para elas. Mas, ao contrário do que prometia, a suspeita fazia várias compras com os cartões, abastecia o próprio carro e sacava o dinheiro para uso próprio.

Os investigadores da Polícia Civil encontraram, nas redes sociais dela, várias fotos de viagens para lugares turísticos, como as praias do Rio de Janeiro e Escarpas do Lago, no Sul de Minas Gerais. Além disso, a mulher teria sacado R$ 75 mil e realizado pelo menos 23 compras em lojas de roupa, supermercados e produtos de beleza.

Na casa da suspeita, foram encontrados os documentos das vítimas e produtos adquiridos com os cartões, além de atestados médicos em branco, pertencentes à Prefeitura de Aracitaba.

Após as investigações, a Justiça determinou o afastamento da assistente social, que está proibida de entrar em contato com as vítimas ou sair da cidade sem autorização judicial. Ela vai responder pelo crime de estelionato contra idoso e, se condenada, pode pegar de 2 a 10 anos de prisão. Até o momento, duas pessoas já afirmaram que foram vítimas da indiciada.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Lucas Pavanelli

Últimas