Minas Gerais Aumento na conta de energia em MG vai ser suspenso, diz governador

Aumento na conta de energia em MG vai ser suspenso, diz governador

Segundo Romeu Zema (Novo), a Cemig aprovou o benefício aos consumidores após ganhar uma ação judicial que vai render R$ 714 milhões à empresa

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Governador anunciou mudança nesta tarde

Governador anunciou mudança nesta tarde

Divulgação / Imprensa MG / Pedro Gontijo

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), anunciou, nesta quinta-feira (6), que o aumento média de 4,27% nas contas de energia elétrica aprovado para o Estado vai ser suspenso.

O chefe do Executivo Estadual explicou que a Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais) tomou a decisão após ganhar uma disputa judicial que vai render R$ 714 milhões aos cofres da empresa. 

O reajuste anual na tarifa foi aprovado pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) em junho deste ano, para ser aplicado de forma retroativa ao dia 28 de maio. Para os consumidores de alta tensão, o aumento seria de R$ 6,19%, já para os de baixão tensão, seria de 3,43%.

Segundo Zema, para que o novo desconto entre em vigor, ainda é necessária uma autorização da Aneel. O governador acredita que o benefício será liberado porque tem "toda fundamentação técnica para tal".

— O mineiro não terá o reajuste na conta este ano como aconteceu em todos os outros. Isso acaba beneficiando, também, os pequenos empreendedores que também foram duramente atingidos.

Últimas