Minas Gerais BH vai vacinar pessoas com mais de 18 anos com comorbidades

BH vai vacinar pessoas com mais de 18 anos com comorbidades

Na próxima segunda-feira (17), moradores com comorbidades e que tenham entre 18 e 33 anos de idade poderão ser vacinados

  • Minas Gerais | Lucas Pavanelli, do R7

Vacinação chega a pessoas com mais de 18 anos com comorbidade

Vacinação chega a pessoas com mais de 18 anos com comorbidade

Divulgação/UFMG/Jessica de Aquino

A Prefeitura de Belo Horizonte vai vacinar, na próxima segunda-feira (17), moradores com idade entre 18 e 33 anos de idade e que tenham comorbidades. A ampliação da campanha de imunização contra a covid-19 para esse público-alvo foi confirmada pela prefeitura neste sábado (15). Com isso, a prefeitura expande a vacinação a todos os grupos de pessoas com comorbidades. 

A vacinação para este público será em postos fixos e extras, das 7h30 às 16h, e em pontos de drive-thru, das 8h às 16h. A lista completa com os locais que estão vacinando pode ser acessada neste link.

Neste sábado (15), o município vacina, especificamente, moradores com comorbidades que tenham entre 34 e 41 anos de idade. A campanha de vacinação vai até às 16 horas, tanto nos postos de saúde fixos como nos pontos de drive-thru espalhados pela cidade. 

Para receberem a dose da vacina, essas pessoas devem ter se cadastrado no site da Prefeitura de BH até o último dia 3 de maio. Quem ainda não se cadastrou tem uma nova oportunidade e pode preencher o formulário até este domingo (16). 

De acordo com a prefeitura, além do cadastro, é preciso reunir uma documentação que comprove a situação de comorbidade do paciente, como exames, receitas, relatório médico e/ou prescrição médica.

Esses documentos devem conter o número do registro do respectivo conselho de classe, de forma legível, e ter sido emitido em até 12 meses antes da data do cadastro.

Além disso, é preciso apresentar documento de identificação com foto e comprovante de endereço de um imóvel situado em Belo Horizonte. Pessoas que foram vacinadas contra a gripe ou receberam algum outro tipo de imunizante recentemente devem esperar cerca de 14 dias para serem vacinados contra a covid-19. 

Controle externo

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, o cadastro será enviado aos órgãos de controle, que podem verificar as informações apresentadas pelo paciente. "Todas as declarações apresentadas são de total responsabilidade da pessoa e de quem as emitiu", informa a pasta.

Veja a lista de comorbidades consideradas prioritárias com direito à vacina:

    • Diabetes mellitus
    • Pneumopatias crônicasgraves
    • Hipertensão Arterial Resistente (HAR)
    • Hipertensão arterial estágio 3
    • Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade
    • Insuficiência cardíaca (IC)
    • Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar
    • Cardiopatia hipertensiva
    • Síndromes coronarianas
    • Valvopatias
    • Miocardiopatias e Pericardiopatias
    • Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas
    • Arritmias cardíacas
    • Cardiopatias congênita no adulto
    • Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados
    • Doença cerebrovascular
    • Doença renal crônica
    • Imunossuprimidos
    • Anemia falciforme
    • Obesidade mórbida
    • Síndrome de down
    • Cirrose hepática
    • Doenças raras que causam deficiências intelectuais e/ou motoras e cognitiva

Confira como anda a vacinação em todo o país:

Últimas