Minas Gerais Buscas por jovem desaparecido em cachoeira chegam ao terceiro dia

Buscas por jovem desaparecido em cachoeira chegam ao terceiro dia

Cabeça d'água surpreendeu banhistas no fim de semana em Capitólio (MG), arrastando turistas e provocando mortes

O Corpo de Bombeiros iniciou, na manhã desta segunda-feira (4), o terceiro dia de buscas pelo jovem que desapareceu durante uma cabeça d’água em uma cachoeira em Capitólio, a 276 km de Belo Horizonte.

Jardian Resende Correa, de 23 anos, estava hospedado em um hotel da região mas não retornou desde o incidente. Ele estava com o grupo que foi surpreendido e arrastado pela forte correnteza na Cachoeira da Cascatinha.

No domingo (3), os militares realizaram buscas nas quedas de água (conhecidas como “cascatinhas” e em uma área específica da área, indicada por testemunhas. O terreno é íngreme e cheio de pedras lisas, o que complica ainda mais o trabalho dos militares.

Bombeiros usam helicópteros durante buscas em cachoeira

Bombeiros usam helicópteros durante buscas em cachoeira

Divulgação / CBMMG

Correnteza

Na tarde de sábado (2), um grupo de banhistas foi surpreendido e arrastado por uma cabeça d’água na Cachoeira da Cascatinha. O fenômeno, que ocorre quando chove na cabeceira de um rio, amplia rapidamente o fluxo de água, fazendo o nível da água subir muitos metros em poucos segundos.

No mesmo dia, o Corpo de Bombeiros conseguiu resgatar 16 vítimas com vida, sendo 11 delas por helicóptero. Helen Cristina e Elayla Chagas, moradoras de Oliveira, a 150 km de Belo Horizonte, morreram no local.

Últimas