Minas Gerais Cefet-MG terá primeiro centro de reciclagem de carros da América do Sul

Cefet-MG terá primeiro centro de reciclagem de carros da América do Sul

Projeto foi criado a partir de parceria com Agência de Cooperação Internacional do Japão

  • Minas Gerais | Do R7

Unidade piloto e centro de treinamento ficarão no campus 2

Unidade piloto e centro de treinamento ficarão no campus 2

Divulgação/Cefet-MG

O Cefet-MG (Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais) terá o primeiro centro de reciclagem de veículos da América Latina, segundo a direção da instituição. O projeto terá início a partir de fevereiro 2015 por meio de um acordo com a Jica (Agência de Cooperação Internacional do Japão) e a empresa Kaiho Sangyo, líder no país na reciclagem de carros em fim de vida útil.

Com a parceria, a Jica investirá aproximadamente $1 milhão para a criação de uma unidade piloto de reciclagem de veículos e de um Centro Internacional de Treinamento no campus 2 (unidade Belo Horizonte) do Cefet-MG. Ainda neste ano, professores da instituição irão ao Japão para aprender as técnicas de reutilização das peças.

Leia mais notícias no R7 MG

No país parceiro há uma legislação de regulamenta e incentiva a reciclagem de veículos. A prática é tratada como uma indústria descontaminante, despoluente e recuperadora de recursos naturais. A utilização de sucata ferrosa desses veículos, por exemplo, reduz em até 56% o consumo de energia na produção de aço comparado com a fabricação desse metal a partir do minério de ferro. No caso do alumínio e cobre, a redução de energia supera 90%. Reutilizando os carros, é possível encontrar materiais ainda mais preciosos, como explica o diretor geral do centro de educação, Márcio Silva Basílio.

— Em uma tonelada de placas da parte eletrônica do carro podemos recuperar 280g de ouro. Para fazermos uma comparação, a mineração, por exemplo, só é viável quando encontramos 8g de ouro em uma tonelada de rocha.

Ainda de acordo com Basílio, não existem empresas que compram peças recicladas de carros no Brasil mas o objetivo é trazer o conhecimento para o País e estimular o mercado.

Os primeiros três anos de funcionamento do centro de reciclagem serão para o aperfeiçoamento de técnica e adaptação para o carros brasileiros com participação de estudantes e professores do Cefet de diversas áreas como engenharias mecânica e ambiental, administração, computação, química, entre outros. Após esta etapa, o Centro Internacional de Treinamento irá disponibilizar aulas para toda a comunidade.

* Com colaboração da estagiária Laura Marques

Os japoneses inventaram uma máquina que transforma plástico em combustível. Veja:

Últimas