Minas Gerais Com queijo de 2.483 kg, cidade mineira bate recorde brasileiro

Com queijo de 2.483 kg, cidade mineira bate recorde brasileiro

Ipanema, a 365 km de Belo Horizonte, também produziu o doce de leite mais pesado do país; produtos foram distribuídos à população

  • Minas Gerais | Ana Paula Pedrosa, da RecordTV Minas

Ailton Venâncio / Divulgação

Que mineiro gosta de queijo com doce de leite todo mundo sabe. Mas em Ipanema, a 365 km de Belo Horizonte, a combinação ganhou proporções gigantescas. A cidade bateu, na tarde deste sábado (18), durante a tradicional Festa do Queijo, os próprios recordes na fabricação desses produtos. Durante o evento, foram apresentados um queijo de 2.453 kg e um doce de leite de 873 kg. A auditoria foi feita pelo RankBrasil. 

Os produtos desfilaram pela cidade em carro aberto e depois foram cortados em pequenos pedaços e distribuídos à população. A Festa do Queijo acontece todo ano, mas ficou suspensa em 2020 e 2021 devido à pandemia. Os recordes anteriores para os dois produtos também eram dos fabricantes de Ipanema e foram alcançados no evento de 2019, quando foram produzidos um queijo de 2.284 kg e um doce de leite de 828 kg. A produção leiteira é a base da economia da cidade. 

Para fabricar o queijo foram usados 25 mil litros de leite. A peça ficou pronta em um dia, mas passou seis dias maturando. Já o doce consumiu 1.600 litros de leite e 440 kg de açúcar. Levou dois dias para ficar pronto. 

Últimas