Minas Gerais Comerciantes de BH esperam abrir comércio para o Dia dos Pais

Comerciantes de BH esperam abrir comércio para o Dia dos Pais

Após reunião com prefeito Alexandre Kalil (PSD), representantes de lojistas e de comércios não essenciais esperam lojas abertas a partir de terça-feira (4)

  • Minas Gerais | Helen Oliveira, da RecordTV Minas, com Lucas Pavanelli, do R7

Prefeito se reúne na semana que vem com comerciantes

Prefeito se reúne na semana que vem com comerciantes

Amira Hissa/PBH

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD) se reuniu nesta quinta-feira (30) com 12 representantes de comércios da capital mineira, entre eles, o de bares e restaurantes, lojistas e o de hotéis. O encontro ocorreu a portas fechadas mas, mais uma vez, não houve previsão, por parte de Kalil sobre a reabertura dos comércios não essenciais na cidade. 

Desde o dia 29 de junho, somente estabelecimentos considerados essenciais estão autorizados a abrir as portas e os comerciantes apresentaram uma sugestão para reabrirem entre quinta e domingo e fecharem as portas de segunda a quarta-feiras.  

De acordo com Alexandre Kalil, os indicadores monitorados pela Prefeitura de Belo Horizonte vem melhorando, mas ainda não possibilitam a abertura do comércio. 

Conforme boletim epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (29), a ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) está em 91% e, das enfermarias, em 69%.

Comerciantes

O prefeito deve se reunir novamente com alguns setores do comércio de Belo Horizonte na próxima terça-feira (4), quando podem ser anunciadas novas medidas. 

De acordo com o presidente do Sindilojas (Sindicato dos Lojistas), Nadim Donato, os comerciantes amargam prejuízos significativos e muitos já faliram nesses 133 dias com as portas fechadas. Mas ele se disse otimista com a conversa e acredita que o comércio deve reabrir no próximo dia 4, visando as vendas para o Dia dos Pais, que ocorre em 9 de agosto. 

O presidente do Sindihorb (Sindicato de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares de Belo Horizonte), Paulo César Pedrosa) também se mostrou otimista. 

— Eu saí bastante otimista com a possibilidade de abrir a partir da semana que vem. Nós sugerimos reabrir quinta, sexta, sábado e domingo. Se não for possível reabrir bares e restaurantes, que abrisse os restaurantes, até pea aproximação do Dia dos Pais. 

Últimas