Minas Gerais Conheça o motorista que ensinou Gusttavo Lima a tocar violão

Conheça o motorista que ensinou Gusttavo Lima a tocar violão

Simão Pacheco conta sobre a infância do sertanejo em Presidente Olegário (MG) e se lembra que o astro não pensava em ser cantor

  • Minas Gerais | Garcia Júnior, da RecordTV Minas

Simão e Gusttavo se conheceram em 1992

Simão e Gusttavo se conheceram em 1992

Reprodução / RecordTV Minas

Um motorista de van da cidade de Presidente Olegário, a 430 km de Belo Horizonte, foi quem ensinou o cantor Gusttavo Lima a tocar violão.

Simão Souto Pacheco foi um dos responsáveis por incentivar o astro do sertanejo a seguir o caminho da música. Os dois se conheceram em 1992, quando Pacheco dirigia o coletivo que levava o futuro cantor para a escola. Eles moravam na mesma cidade.

Durante um show na cidade de São Gotardo em 2017, Gusttavo Lima surpreendeu o público de 20 mil pessoas com uma homenagem ao seu primeiro professor de música. “Esse cara aqui é um dos principais culpados de eu estar onde estou hoje. Obrigado por tudo que vc fez por mim, obrigado pela sua amizade e pelo seu carinho”, declarou o cantor.

“Você nunca vai pensar que um cara de uma altura que ele estava iria me chamar e reconhecer que eu tinha ensinado ele. Para mim foi como se fosse um filho falando”, relembrou Pacheco sobre a surpresa. O motorista ainda guarda o violão com o qual Gusttavo Lima aprendeu a tocar. O instrumento tem quase 50 anos.

“Isso é relíquia, é uma história, tanto pelo Gusttavo, tanto pela minha filha, é uma coisa que não tem como vender, é para guardar de recordação pelo resto da vida”, afirma. Pacheco conta que percebeu que o menino Nivaldo Batista Lima, nome real do artista, tinha talento logo nos primeiros acordes.

O motorista ainda recorda que a cantoria do futuro astro alegrava as viagens pelas estradas de terra do interior mineiro. A partir do laço formado pelas aulas de música, professor e aluno se tornaram amigos, fazendo todos os tipos de atividades juntos. "Ele gostava demais de comer lá em casa e o prato preferido dele era macarrão", conta

Amizade e família

"É amizade, é praticamente irmão mesmo, esse é o sentimento que a gente tem, porque desde pequenos fomos criados juntos", diz Jhenypher Pacheco, filha de Simão. Além da amizade com pai e filha, Julieta, irmã do motorista, foi a primeira professora de Gusttavo. Mesmo após a fama, os CDs produzidos para divulgar o cantor, tinham endereço certo: a casa do amigo, todos autografados e com dedicatória.

No mesmo show em que o sertanejo homenageou o motorista, ele chamou Jhenyper, que também é cantora ao palco. Na época, ela fazia dupla com sua irmã Jéssica, elas fizeram uma breve participação na apresentação e receberam vários elogios do cantor.

Relembrando a trajetória de Gusttavo, Pacheco afirma que menino de Presidente Olégario nem cantor de verdade queria ser. "A voz dele era meio rouca e ele me falava 'minha voz não é boa Simão, mas quero ser instrumentista de uma banda boa'. Ele já sonhava em ser artista, mas não sabia da dimensão e não esperava ter a dimensão que tem hoje", afirma.

Últimas