Minas Gerais Conta de energia em MG vai ficar 14,91% mais cara para clientes residenciais

Conta de energia em MG vai ficar 14,91% mais cara para clientes residenciais

Cemig anunciou reajuste tarifário da Aneel nesta terça-feira (23); novo valor vai entrar em vigor no dia 28 de maio

Cemig diz que reajuste vem da Aneel

Cemig diz que reajuste vem da Aneel

Reprodução / Record TV Minas

A Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais) anunciou, nesta terça-feira (23), o aumento de 14,91% no valor da conta para os clientes residenciais no Estado.

Segundo a empresa, o percentual é sempre definido pela Aneel Agência Nacional de Energia Elétrica) e começa a valer a partir do próximo dia 28 de maio.

“O processo de Revisão Tarifária acontece de cinco em cinco anos e sua composição tem como base os investimentos feitos pela distribuidora em sua área de concessão e cálculo dos custos operacionais eficientes, além do reajuste dos demais itens da tarifa como compra de energia, transmissão e encargos setoriais”, informou a Cemig em comunicado.

A companhia ressaltou que conseguiu nos últimos anos repassar os menores aumentos para os clientes, já que negociou com a Aneel a devolução aos consumidores valores levantados por decisão judicial que questionou a inclusão do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) na base de cálculo PIS-Pasep/COFINS das faturas de energia.

· Compartilhe esta notícia no Whatsapp
· Compartilhe esta notícia no Telegram

“Em 2020 e 2021, a companhia devolveu cerca de R$ 2,2 bilhões e, como consequência, os clientes residenciais não tiveram aumento na tarifa. No ano passado, a empresa devolveu, aproximadamente, R$ 2,8 bilhões. Este ano, a Cemig compensou cerca de R$ 1,2 bilhão no processo de Revisão Tarifária”, detalhou a Companhia.

Últimas