Minas Gerais Covid avança em Minas e 4 regiões vão adotar medidas mais restritivas

Covid avança em Minas e 4 regiões vão adotar medidas mais restritivas

As regiões Nordeste e Leste só poderão abrir comércios essenciais a partir de sábado (21); Já as regiões Leste do Sul e Sudeste vão para a onda amarela

Secretário confirmou piora nos indicadores

Secretário confirmou piora nos indicadores

Divulgação / Governo de Minas / Pedro Gontijo

Quatro das 14 macrorregiões de saúde de Minas Gerais vão regredir de fase no programa Minas Consciente e, com isso, adotar medidas mais restritivas para conter o avanço do coronavírus. A decisão foi tomada nesta quarta-feira (18) pelo Comitê Extraordinário Covid-19.

Com isso, as regiões Nordeste e Leste, que abrangem cidades como Almenara e Governador Valadares, respectivamente, vão passar para da onda amarela para a vermelha, onde apenas os serviços essenciais poderão funcionar.

Já as regiões Leste do Sul e Sudeste, onde estão municípios como Manhuaçu e Juiz de Fora, respectivamente, vão passar da onda verde para a amarela, em que alguns setores comerciais podem funcionar, como lojas de roupas e salões de beleza.

De acordo com o secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, a decisão do Comitê foi tomada após constatação de que houve piora nos indicadores da covid-19 no Estado. No entanto, segundo ele, não se pode falar em seguda onda da doença em Minas.

- Nós avaliamos foi o aumento da incidência da quantidade de casos em algumas regiões, o que provocou a regressão de algumas regiões das ondas em que elas estavam

Outras regiões

A região do Vale do Aço, onde está a cidade de Ipatinga, permanece na onda amarela, enquanto o restante do Estado continua na onda verde

Essas regras valem para os municípios que aderiram ao programa Minas Consciente, do governo estadual, que serve como orientação para a reabertura econômica das cidades.  

Últimas