Minas Gerais Criminosos roubam joalheria no ItaúPower Shopping

Criminosos roubam joalheria no ItaúPower Shopping

Informações iniciais indicam que ao menos um dos criminosos estava armado; vídeo mostra ação de suspeito

  • Minas Gerais | Nubia Roberto, da Record TV Minas

Circuito flagrou a cena

Circuito flagrou a cena

Reprodução / Record TV Minas

Uma joalheria do Itaú Power Shopping, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, foi alvo de criminosos, no fim da tarde desta sexta-feira (20).

Informações iniciais mostram que relógios e diversas peças de ouro foram roubadas, mas anda não se tem quantificado o valor e quantidade de itens roubados.

O circuito de segurança da loja flagrou a cena. Um homem, que carregava uma mochilha, se passou por um cliente. A gravação mostra que ele pega uma arma na sacola e aponta para uma funcionária que estava no local.

De acordo com a PM, um comparsa aguardava do lado de fora do centro de compras para ajudar na fuga. Até o momento, ninguém foi preso. Outro circuito de segurança mostra a fuga do suspeito no pátio do estacionamento.

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) informou que foi instaurado inquérito para apurar a autoria e circunstâncias do roubo à joalheria. A perícia compareceu ao local para identificar e coletar vestígios que irão colaborar na elucidação dos fatos. 

Histórico

No início do mês, criminosos armados assaltaram uma joalheria de luxo no BH Shopping, no bairro Belvedere, na região centro-sul de Belo Horizonte. Eles roubaram 13 relógios de luxo, que custam entre R$ 40 mil e R$ 300 mil. Ninguém foi preso até o momento.

Veja a íntegra da nota do shopping:

"Em relação ao assalto ocorrido na tarde desta sexta-feira (20) em joalheria dentro de suas instalações, o ItaúPower Shopping informa que a Polícia Militar foi acionada imediatamente e que o roubo está sendo investigado pelas autoridades policiais. O centro de compras esclarece que não houve tumulto e que nenhum cliente ou lojista sofreu qualquer dano físico. O ItaúPower Shopping reforça que está à disposição das autoridades para facilitar as investigações."

Últimas