Dívida de R$ 400 mil pode levar cervejaria Backer à falência

Dois fundos de investimento entraram com ação na Justiça nesta semana pedindo falência da empresa; Backer diz que foco é atendimento às vítimas

Cervejaria tem pedido de falência na justiça

Cervejaria tem pedido de falência na justiça

Divulgação

Dois fundos de investimento entraram na Justiça para pedir a falência da cervejaria Backer. Os Fdics (Fundos de Investimento em Direito Creditório) cobram da empresa dívidas que ultrapassam R$ 400 mil — uma delas no valor de R$ 356 mil e outra de R$ 52,5 mil. A ação foi ingressada nesta terça-feira (11) e ainda não foi distribuída.

Os Fdics são fundos de investimento que compram títulos de dívidas de outras empresas para receber posteriormente. 

Em nota, a Backer afirmou que a prioridade, neste momento, "é custear o tratamento médico dos clientes e amparar suas famílias" e que todos os demais compromissos da empresa "estão em segundo plano".

Segundo a empresa, na última sexta-feira (6), quando o Tribunal de Justiça de Minas Gerais desbloqueou R$ 95 milhões da cervejaria, a Backer "iniciou as tratativas com os advogados dos clientes para efetivar o atendimento às suas necessidades".